sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Angels we have heard on high



Angels we have heard on high
(algo como Anjos que ouvimos nas alturas) é uma popularíssima canção natalina. A canção original, na verdade, é francesa (Les anges dan nos campagnes), mas a versão mais conhecida é mesmo em inglês. Ela é sempre cantada com um trecho do hino Gloria, composto pelo americano Edward Shippen Barnes.

Angels we have heard on high
Sweetly singing over the plains
And the mountains in reply,
Echoing their joyous strains.
Gloria
In excelsis Deo
Gloria
In excelsis Deo

Shepherds, why this Jubilee?
Why your joyous strains prolong?
What the gladsome tidings be
Which inspire your heavenly song?
Gloria
In excelsis Deo
Gloria
In excelsis Deo

Come to Bethlehem and see
Him whose birth the angels sing;
Come, adore on bended knee
Christ, the Lord,
the newborn King
Gloria
In excelsis Deo
Gloria
In excelsis Deo

See Him in a manger laid
Jesus, Lord of heaven and earth!
Mary, Joseph, lend your aid,
With us sing our Savior's birth.
Gloria
In excelsis Deo
Gloria
In excelsis Deo
Tradução

Anjos que ouvimos nas alturas
Cantando docemente sobre as planícies
E as montanhas em resposta
Ecoando sua alegria com força

Gloria
A Deus no alto dos Céus
Glória
A Deus no alto dos Céus

Pastores, porque este jubilo?
Por que sua alegria se prolonga nessa canção?
O que sua alegria anuncia
Que inspira sua canção celestial?

Gloria
A Deus no alto dos Céus

Venha a Belém e veja
O nascimento do Cristo, os anjos cantando
Venha, adore de joelhos dobrados
Cristo, o Senhor, o Rei recém nascido

Gloria,
(os Anjos cantam)
A Deus no alto dos Céus

Nesse dia, o Cristo nasceu
(Todos os anjos cantam uma canção celestial)
Glória
A Deus no alto dos Céus

Leia também:

Preparemo-nos para o nascimento do Menino Deus

Adeste Fideles

O verdadeiro Natal

Devoção de Natal

O Garoto do Tambor

É o Natal que se aproxima

Ajude a Salvar o Natal

Um comentário:

Laura disse...

Caro Tiago, boa noite,

Não sou focolarina, mas sou voluntária. Não, não sou portuguesa, sou brasileira de Recife-PE.

Abraços fraternos.

"O que pode temer o filho nos braços do Pai?"

São Pio de Pietrelcina