quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Conheça a Igreja XII: A Ordem de São Francisco


A Ordem dos Frades Menores (cuja sigla é O.F.M.), mais conhecida como Ordem Franciscana foi fundada por São Francisco de Assis em 1209 (ou seja, completará oitocentos anos de fundação em 2009). Sua regra foi aprovada em 1223 pelo papa Honorio III. A ordem teve um papel fundamental na renovação da espiritualidade na Idade Média.

A ordem formou-se naturalmente, pouco a pouco. Pessoas que conheciam Francisco de Assis, em sua maioria, jovens, decidiam seguir seu exemplo e abandonar tudo para viver conforme os princípios do Evangelho. Formou-se uma pequena comuniade que vivia pobremente e saía pela Itália a pregar a Palavra de Cristo. Em 1209, Francisco e alguns de seus companheiros apresentaram-se diante do Papa pedindo sua autorização para a formação da ordem. Durante à noite, o papa sonhou que a igreja de São João de Latrão, sede do papado na época, estava desmoronando, mas que um homem a sustentou. Ele reconheceu nesse homem as feições de Francisco. No dia seguinte, concedeu sua autorização.

O carisma franciscano tem como características fundamentais a vivência profunda do Evangelho, na busca da realização da palavra de Deus. Tal vivência caracteriza-se por ser gregária, fraterna, solidária. Daí ser uma ordem de "frades", irmãos. A valorização da humildade e do serviço aos próximos é outra característica marcante desse carisma. Daí a denominação de frades "menores": devem ser humildes servidores. Por fim, deve-se destacar a valorizaão da pobreza, não somente num sentido de ascetismo, de renúncia aos bens materiais, mas também num sentido de amor, de acolhida de todos os pobres.

São muitos os símbolos franciscanos. O Tau, última letra do alfabeto hebraico, tem o formato de um "T". Além de lembrar a cruz de Cristo, simboliza o pertencimento a Deus. A Cruz de São Damião é o crucifixo localizado na igrejinha dedicado a esse santo em Assis, igrejinha esta que tem particular importância na história da conversão de Francisco. A imagem de Cristo representada no crucifixo mostra um Jesus simultaneamente crucificado (ele está sobre a cruz) e ressuscitado (seus pés são representados separados, como se ele estivesse de pé.

Os franciscanos são conhecidos como "frades", palavra que deriva do latim frater, que quer dizer irmão. Fazem votos de pobreza, castidade e obediência. Hoje há pouco mais de 15 mil franciscanos em todo o mundo, dos quais mais de dez mil são sacerdotes, 101 são bispos e arcebispos e seis são cardeais. O Brasil é o terceiro país do mundo com maior número de irmãos franciscanos: são 1034. O país está logo atrás de Itália e Estados Unidos. Os franciscanos vivem em conventos, geralmente localizados nas cidades. Os conventos se organizam em províncias - ao todo, são 103 províncias no mundo.

Além da Ordem dos Frades Menores, que é conhecida também como Ordem Primeira, há duas outras ordens ligadas diretamente ao santo de Assis: a Ordem de Santa Clara ou Ordem Segunda, e a Ordem Franciscana Secular, ou Ordem Terceira. A Ordem de Santa Clara é o ramo feminino dos franciscanos e foi fundada pelo próprio São Francisco, juntamente com sua amiga Clara de Assis. As integrantes da ordem são conhecidas como irmãs clarissas. Já a Ordem Terceira é a ordem dos homens e das mulheres leigos que querem viver o carisma franciscano, mas que também podem se casar.

Com o tempo, a Ordem Primeira se dividiu em três ramos. Além da Ordem dos Frades Menores, surgiram a Ordem dos Capuchinhos (OFMCap) e a Ordem dos Conventuais (OFMConv). A título de curiosidade: os Frades Menores usam hábito marrom, assim como os Capuchinhos, mas estes usam um capuz pontudo; já os frades conventuais usam hábito cinza.

Nosso próximo verbete será sobre a Pastoral da Juventude.

2 comentários:

ronald disse...

Seguindo o "a título de curiosidade": os conventuais são o ramo original da ordem, os observantes (ou simplesmente franciscanos) são uma reorganização dos chamados "frades espirituais", seguidos pelos capuchinhos, última cisão na orde primeira. Além deles, há os frades terciários regulares(TOR), derivados da ordem terceira, e usam o hábito negro, igual no desenho ao dos conventuais.

Moisés disse...

Obrigado pelas informações, Ronald!

"O que pode temer o filho nos braços do Pai?"

São Pio de Pietrelcina